Rei
do Piso

Materiais e Acabamentos

Pisos, revestimentos, porcelanatos, argamassa, ferramentas e muito mais.

Entrar em contato whatsapp
Rei do Piso - Pisos
Pisos
Rei do Pisos - Porcelanatos
Porcelanatos
Rei do Pisos - Revestimentos
Revestimentos

Sobre Nós

O conceito Rei do Piso nasceu da união de ideais de dois grandes amigos, com o objetivo de oferecer muito mais que produtos e serviços aos seus clientes, mas principalmente proporcionar uma experiência diferenciada no processo da escolha de pisos, revestimentos e porcelanatos. A alta demanda na construção civil, exige a necessidade de opções de compra aos consumidores, e o Rei do Piso preza sempre pelo foco no atendimento, que é realizado de forma respeitosa, acolhedora e simplificada na hora da escolha dos pisos, revestimentos e porcelanatos. Nossa conduta é pautada na ética e transparência, responsabilidade social e ambiental, inovação, qualidade e busca de resultados, sempre respeitando os consumidores e colaboradores. Nosso objetivo é referência no segmento, sempre inovando com melhoria continua no processo, relações humanas, focado na excelência em qualidade no comércio de pisos, revestimentos, porcelanatos e muito mais.

label_important
Pisos swipe_right
label_important
Revestimentos swipe_right
label_important
Porcelanatos swipe_right
label_important
Ferramentas swipe_right

Pisos

O Piso Cerâmico é uma mistura entre argila e alguns outros compostos químicos, levados a uma temperatura estimada em 850ºC. Por conta desse mix de materiais, suas peças apresentam uma grande variedade de cores, tamanhos e modelos para todos os tipos de ambientes.

Entrar em contato whatsapp

Revestimentos

Revestimento é a camada externa que cobre a alvenaria, podem ser escolhidos entre azulejos, porcelanatos, cerâmicas, pastilhas e pedras utilizadas para revestir as paredes, deixando qualquer ambiente com ar de sofisticação.

Entrar em contato whatsapp

Porcelanatos

O porcelanato é um tipo de cerâmica que se diferencia e destaca das cerâmicas comuns para revestimento pelas suas características técnicas e estéticas. Estas características diferenciadas são conseqüência do uso de matéria prima especial, aliado a um sistema produtivo de ponta. Sua resistência mecânica e a baixa absorção de água (em média 0,5%), são suas principais caracterísitcas. Ele é caracterizado tambem pela sua forma de produção, que pode incluir misturas com argila, areias, caulins e aditivos, quando o fabricante julgar necessário.

Entrar em contato whatsapp

Ferramentas

Disponibilizamos aos profissionais da construção civil um mix de ferramentas utilizadas no assentamento dos pisos, revestimentos e porcelanatos, para que o profissional possa agregar ao seu serviço mais agilidade e precisão, trazendo economia de tempo e aumentando a qualidade da mão de obra.

Entrar em contato whatsapp

Sua casa, sua cara.

INSPIRE-SE
Contato

Canais de comunicação.

Em nossos canais de atendimento você pode fazer seus pedidos, tirar dúvidas e muito mais, sempre falando com especialistas que entendem do assunto. Fale conosco.

whatsapp
(16) 99610-5883
phone
(16) 98214-4722
mail
reidopisoibitinga@gmail.com
room
Avenida João Silvestre Custódio, 782, Jd Silvestre, Ibitinga/SP
Ficou com alguma dúvida?

Mande sua mensagem.

Onde estamos.

Atendemos em toda Ibitinga e região.

FAQ

Perguntas e respostas frequentes
A montagem de painéis com peças variadas e caixas distintas é muito importante para obter um bom resultado no ambiente. Dessa forma, é feita uma verificação da composição de um modo mais harmonioso e agradável antes do assentamento.
As argamassas são imprescindíveis para o assentamento e revestimento cerâmico, e são divididas em quatro tipos: AC-I: Argamassa colante para uso interno; AC-II: Argamassa colante para uso interno e externo; AC-III: Argamassa colante de alta resistência; AC-III E: Argamassa colante especial.
As juntas de assentamento indicadas são espaçamentos entre as placas cerâmicas. Nos produtos retificados a junta mínima recomendada é de 2mm. Já para os demais, geralmente estão destacadas na embalagem de acordo com o formato do produto.
Para realizar a limpeza após o rejuntamento são necessárias algumas etapas e cuidados. Nos pisos com textura rústica, deve ser passada uma camada de cera líquida incolor somente próximo às bordas do rejunte. Não é aconselhável espalhar sobre a peça toda antes do rejunte. Outra dica é limpar com uma esponja úmida antes da secagem e, logo em seguida, passar um pano seco. Na hora de fazer a limpeza dos revestimentos cerâmicos, em hipótese alguma devem ser utilizados ácidos ou materiais abrasivos. O ataque corrói o esmalte, comprometendo a impermeabilização do produto, além de propiciar danos irreversíveis e a entrada de agentes agressivos sob a base. Limpeza pós-obra As etapas após a obra com o revestimento também merecem atenção. Não é permitido utilizar esponjas de aço, pelo fato de danificarem e retirarem o brilho do porcelanato ou do esmalte do revestimento. Nossa orientação é usar vassoura de pelo e, em seguida, um pano umedecido com água e sabão neutro. Produtos que contenham ácido fluorídrico ou ácido muriático em sua fórmula, além dos específicos para retirar ferrugem de tecidos, e limpadores que dão brilho em metais, não são recomendados. Exemplos como limpa-pedras, limpa-forno, soda cáustica e produtos com hidróxidos em alta concentração podem causar alterações no brilho superficial do porcelanato.
Para realizar a limpeza após o rejuntamento são necessárias algumas etapas e cuidados. Nos pisos com textura rústica, deve ser passada uma camada de cera líquida incolor somente próximo às bordas do rejunte. Não é aconselhável espalhar sobre a peça toda antes do rejunte. Outra dica é limpar com uma esponja úmida antes da secagem e, logo em seguida, passar um pano seco. Na hora de fazer a limpeza dos revestimentos cerâmicos, em hipótese alguma devem ser utilizados ácidos ou materiais abrasivos. O ataque corrói o esmalte, comprometendo a impermeabilização do produto, além de propiciar danos irreversíveis e a entrada de agentes agressivos sob a base. Limpeza pós-obra As etapas após a obra com o revestimento também merecem atenção. Não é permitido utilizar esponjas de aço, pelo fato de danificarem e retirarem o brilho do porcelanato ou do esmalte do revestimento. Nossa orientação é usar vassoura de pelo e, em seguida, um pano umedecido com água e sabão neutro. Produtos que contenham ácido fluorídrico ou ácido muriático em sua fórmula, além dos específicos para retirar ferrugem de tecidos, e limpadores que dão brilho em metais, não são recomendados. Exemplos como limpa-pedras, limpa-forno, soda cáustica e produtos com hidróxidos em alta concentração podem causar alterações no brilho superficial do porcelanato.
Antes de iniciar o assentamento, limpe o local. Já durante o processo, proteja a área com papelão ou lona para evitar o contato direto com agentes abrasivos, principalmente a areia que provoca riscos em qualquer revestimento. Também recomendamos que utilizem capachos nas entradas para evitar a entrada de poluentes por meio dos solados dos sapatos.
Do inglês Porcelain Enamel Institute, o PEI é um índice que classifica as cerâmicas de acordo com sua resistência ao desgaste por abrasão da superfície esmaltada, causada pelo tráfego de pessoas, contato com sujeiras abrasivas, e até mesmo por conta da movimentação de objetos. Existem cinco tipos de classificação PEI: PEI 1: Especial para paredes PEI 2: Baixo PEI 3: Médio PEI 4: Alto PEI 5: Altíssimo
Os produtos retificados passam entre rebolos diamantados, conferindo dimensões precisas ao final do processo de corte denominado retífica. Isso permite que as dimensões finais fiquem mais precisas, possibilitando o uso de juntas de assentamento com menor largura e melhor resultado estético.
Ataque químico é um desgaste ou corrosão provocada pelo uso inadequado de produtos químicos durante a limpeza e/ou manutenção do piso. Este processo torna o revestimento poroso, causando perda de brilho e manchas foscas, tanto pontuais quanto em sequência. O ataque químico é irreversível e a solução é a remoção e a substituição das peças danificadas.